domingo, 25 de maio de 2014

Selfies ou lembranças?


Me peguei pensando nessa fase que a sociedade está vivendo, os chamados selfies.
Selfie é uma palavra em inglês, um neologismo com origem no termo self-portrait, que significa autorretrato, e é uma foto tirada e compartilhada na internet. A selfie, é tirada pela própria pessoa que aparece na foto, com um celular que possui uma câmera incorporada.
Também pode ser tirada com uma câmera digital. A particularidade de uma selfie é que ela é tirada com o objetivo de ser compartilhada em uma rede social como Facebook, Orkut ou Myspace, por exemplo. Uma selfie pode ser tirada com apenas uma pessoa, com um grupo de amigos ou mesmo com celebridade.
Enfim, como sempre minha mente começa a viajar, depois de uma tarde de conversa com minha mãe, onde ela contava histórias maravilhosas sobre nossa família, os bons exemplos deixados pelo meus avós, acredito que já tenho ouvido umas mil vezes, mas não me canso de ouvir e toda vez, abstraio um detalhe diferente, aprendo algo novo.
Ela me dizia, de como meu avó era um homem influente e comunicativo, não ele não era político rs, mas os conhecia, antes de comícios de homens conhecidos ao longo da história, como Jânio Quadros, Ademar de Barros e outros, ele sempre se pronunciava.
Promoveu várias festas, sua foto está no museu da sua cidade natal, e até hoje, após anos da sua morte é citado em todas as conversas.
Bom mas algo me chamou atenção, de todas as conversas e lembranças, não existiam fotos para retratar esses momentos, foi quando me lembrei que antigamente as famílias mais ricas tinham condições de ter retratos de família, quadros e registros.
Eu ainda peguei a época em que revelar fotos era algo bem caro, e aí dessas se queimassem, era uma tristeza que só.
O que quero dizer, hoje a todo gesto, todo espirro, até em meio as refeições, tem aquela paradinha pra foto.
Comecei a me perguntar, será que hoje o que mais importa são os retratos ou as lembranças de verdade? Será que a humanidade hoje se preenche de fotos, muitas delas vazias, por que não vivem uma vida de verdade?
Será que na carência, as próprias se fotografam, com a intenção de serem vistas no seu mundinho vazio e solitário?
Somos cercados de seguidores, amigos virtuais, mas o mundo real é bem diferente.
Não vejo mal algum em fazer selfies, mas esse excesso de registros deliberados, significam ou representam gritos na alma? 
Bom talvez esteja enganada, mas é isso que comecei a pensar...
Prefiro ficar com as lindas histórias, nem todas elas estarão registradas no papel, não estarão no celular, no mural da fama, mas estarão marcadas pra sempre no meu coração. 

3 comentários:

Josy Sena disse...

Olá... adorei a definição e acredito que muitas publicações soam mais como gritos de socorro, "por favor me vejam"..."olha como sou legal"... mais no fundo no fundo muitos não passam de pessoas vazias e solitárias.

Ariane disse...

Oi Josy seja bem vinda, espero que tenha gostado do meu cantinho.
Qdo quiser volte mais vezes!
Abraço.

Josy Sena disse...

Adorei...parabéns pelas publicações!